Asma

Chiados nos pulmões, falta de ar e tosse. Com estes sintomas, é importante buscar a ajuda profissional, pois a asma pode em alguns casos, levar a situações graves.

Acompanhe no post um pouco mais sobre esta doença, sintomas e tratamentos!

O que é a asma?

A asma é uma doença inflamatória crônica, caracterizada pela dificuldade da entrada e saída de ar dos pulmões, devido a uma inflamação das vias aéreas. Ela não tem cura, mas com o tratamento adequado os sintomas podem melhorar e até desaparecer ao longo do tempo.

Os sintomas incluem tosse com ou sem produção de muco, retrações intercostais, deficiência respiratória, que pode piorar com exercícios ou atividades físicas. Outros sintomas, como padrão de respiração anormal, dor no peito, aperto no tórax, sudorese, pulsação rápida e ansiedade podem ocorrer.

O que causa a asma?

A medicina acredita que a asma pode ser desencadeada por fatores genéticos e ambientais, como exposição à poeira, poluição e ácaros, com cada indivíduo apresentando uma sensibilidade diferente aos gatilhos.

Como diagnosticar a doença?

O exame que detecta a asma no paciente é a espirometria, que faz a avaliação pulmonar da pessoa. Não somente, a história clínica do indivíduo, exames físicos e testes laboratoriais são importantes e agregam para que o médico faça um diagnóstico completo.

Quais os tratamentos para a asma?

O tratamento medicamentoso é realizado junto com medidas educativas e de controle dos fatores que podem provocar a crise asmática.

O tratamento depende dos fenótipos da doença, classificados da seguinte maneira: asma de início na infância, asma relacionada à obesidade, asma de início na fase adulta, asma ocupacional, asma na gestação, asma associada à Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e asma desencadeada por aspirina.

Deve-se tratar também outras doenças associadas à asma e que pioram o curso da doença, como rinossinusites, refluxo gastroesofágico, distúrbios psiquiátricos, DPOC e bronquiectasias.

Ficou com dúvidas? Mande seus questionamentos para nós!

Agende sua consulta e saiba mais sobre a asma!

compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter